A Center RH parabeniza a FAESA por mais esta Conquista!

A Center RH parabeniza a FAESA por mais esta Conquista!

A FAESA agora é Centro Universitário!

A portaria homologando o parecer do Conselho Nacional de Educação foi publicada na edição do dia 21 dezembro de 2016, no Diário Oficial da União. Essa denominação é dada apenas para as instituições de Ensino Superior que abrangem uma ou mais áreas do conhecimento e caracterizam-se pela excelência do ensino oferecido.

O processo solicitando o credenciamento da FAESA para Centro Universitário foi protocolado em outubro de 2014 e, desde então, a Instituição reafirma, diariamente, seu compromisso de ofertar à sociedade capixaba uma Educação de excelência, premissa essa que é a base da nossa Instituição há 45 anos.

O parecer elaborado pelo relator do Conselho Nacional de Educação (CNE), José Loureiro Lopes, e publicado na edição do Diário Oficial da União no dia 13 deste mês, informou que o credenciamento da FAESA em Centro Universitário, foi aprovado por unanimidade pela Câmara.

Com a autonomia universitária, serão muitos os impactos positivos para os estudantes e a sociedade. A partir de agora, a FAESA, cada vez mais terá condições de atender as demandas locais e nacionais, com a expansão das atividades de iniciação científica, extensão e ações comunitárias, beneficiando alunos, professores e comunidade em geral. Além de autonomia para emitir e registrar os diplomas dos estudantes, dando celeridade ao processo de graduação.

Para o Superintendente Institucional da FAESA, professor Alexandre Theodoro, esse resultado é fruto de muito trabalho.

“Essa é uma importante conquista para nós e para sociedade capixaba, fruto de um amadurecimento Institucional que compartilhamos com todos os que acreditam na seriedade do nosso trabalho, sempre alinhado à nossa missão de “Promover o desenvolvimento social por meio do conhecimento”, comemorou.

O credenciamento e a qualidade do novo Centro Universitário FAESA são frutos do trabalho em equipe, inovação e investimento em infraestrutura para desenvolvimento dos futuros profissionais.

Entenda as diferenças entre Faculdade e Centro Universitário

Abrangência na atuação

Centros universitários são instituições de ensino superior com currículo plural, as quais abrangem uma ou mais áreas do conhecimento. Já as faculdades, geralmente, atuam em um número menor de setores do saber.

Autonomia

A autonomia é uma das principais características do Centro Universitário, o qual pode criar, organizar, extinguir cursos e aumentar as vagas em sua sede (exceto para Medicina, Direito, Enfermagem, Odontologia e Psicologia). A necessidade de reconhecimento do curso pelo MEC, entretanto, é mantida, assim como para faculdades e universidades.

Emissão de diplomas

A instituição de ensino classificada como Centro Universitário pode emitir diplomas – ao contrário da faculdade, a qual deve submeter os processos de emissão a uma universidade. Tal função traz maior agilidade aos trâmites de registro do documento e, consequentemente, de entrega ao aluno.

Ensino, extensão e pesquisa

Outro ponto que difere o Centro Universitário da faculdade é a exigência de, no mínimo, oito cursos de graduação reconhecidos e com conceito satisfatório obtido na avaliação realizada pelo MEC.
Para o Centro Universitário, também é necessária a criação de programas de extensão institucionalizados, nas áreas de conhecimento de seus cursos de graduação, além de um programa de iniciação científica com projetos orientados por professores mestres ou doutores. Ainda há a possibilidade de oferecer programas de iniciação profissional ou tecnológica e de iniciação à docência.

Corpo docente

O Centro Universitário deve ter seu corpo docente composto por, no mínimo, um terço de professores com mestrado ou doutorado. Além disso, um quinto desses profissionais devem ser contratados em período integral. Nas faculdades, a exigência é que os docentes possuam, no mínimo, pós-graduação lato sensu.

Avaliação

Faculdades com a intenção de se tornarem Centros Universitários devem estar em funcionamento há, no mínimo, seis anos, com conceito igual ou superior a quatro na avaliação institucional externa, no ciclo avaliativo do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) anterior.

Biblioteca

A biblioteca de um Centro Universitário deverá estar efetivamente integrada na vida acadêmica da instituição, de modo que atenda às exigências dos cursos em funcionamento, com planos de expansão física e do acervo.

Estrutura

A estrutura institucional de um Centro Universitário também se difere do de uma faculdade, ganhando contornos mais complexos. Embora não haja previsão legal, mas uma tradição cultural, há certas nomenclaturas que passam a ser empregadas na direção da instituição. Passa a existir a figura do Chanceler, seu maior representante; do reitor, do vice-reitor e os pró-reitores.

Texto: Nathália Esteves

FONTE: https://www.faesa.br/faesa-agora-e-centro-universitario-2/

Outros posts