Confira as carreiras que estão em alta

Confira as carreiras que estão em alta

Profissões driblam a crise e mantêm as contratações

 

Com a crise econômica, milhares de trabalhadores têm perdido seus empregos desde 2015. Mas mesmo em um momento tão tenso para o mercado de trabalho, alguns setores estão aquecidos e continuam abrindo espaço, principalmente, para profissionais qualificados.

De acordo com especialistas, as atividades relacionadas às áreas de tecnologia, vendas, marketing, saúde e finanças são as que mais oferecem bons salários e chances de desenvolvimento nesta época de recessão.

A coordenadora de Recrutamento e Seleção da Rhopen, Ludmila Ribeiro, aponta as opções de cargos em alta. Entre eles estão as funções de programadores ou desenvolvedores de sistema, analista de planejamento e gestão financeira, analista de crédito e cobrança e analista de marketing. O motivo, na visão de profissionais de RH, é que esses trabalhadores são essenciais para as empresas alcançarem resultados positivos.

Publicidade

 

“Profissionais bilíngues, inclusive, estão em falta no momento. Muitas empresas estão investindo no desenvolvimento comportamental e técnico de colaboradores que têm inglês fluente devido à escassez de profissionais. Um exemplo de carreira promissora é o de vendedor internacional de granito”, disse.

Só para ter ideia, esse profissional tem salário inicial que varia de R$ 3 mil a R$ 4,5 mil. Mas se considerarmos o tempo de carreira, a carteira de clientes e a política de comissionamento da empresa, a remuneração pode subir para R$ 12 mil ou mesmo para R$ 25 mil por mês.

Renato Ferreira Pires, de 30 anos, trabalhava no setor de importação de vinhos quando decidiu que queria mais de sua carreira. Foi quando resolveu fazer um curso de vendedor internacional de granito. “Buscava uma realização que não via na área que atuava. Fiz várias pesquisas e percebi que havia carência de pessoal qualificado. Com o inglês fluente, resolvi mudar do vinho para o granito”, comentou.

O jovem conta que cresceu vendo carretas carregadas de granito em Barra de São Francisco. “Decidi fazer um upgrade na minha carreira. A área de venda de granito é muito promissora. A minha expectativa é aprender mais para poder sair mundo afora para vender”, disse.

Já para a psicóloga Maria Rita Sales Régis, entre os destaques estão as carreiras ligadas ao segmento da Informação, visto que a ampliação do mercado virtual e todas as suas perspectivas. Neste caso, as demandas são por profissionais como analista/técnico de suporte, desenvolvedor e programador.

A diretora da Center RH, Eliana Machado, avalia que, para todos os mercados, as empresas buscam profissionais que tenham características alinhadas aos seus perfis de atuação. “Isso vai contar mais do que experiência e formação. Os valores destas pessoas são muito importantes, bem como o relacionamento interpessoal, ética, espiritualidade, entre outros”, afirma.

“O mercado hoje espera flexibilidade e dinamismo”

“O mercado hoje espera que os profissionais tenham características como flexibilidade, dinamismo e que saibam trabalhar em equipe. É muito importante ter a empregabilidade em alta e, para isso, o network é fundamental. Só para se ter uma ideia, quem trabalha no setor financeiro precisa ser múltiplo, ou seja, mais generalista. Um outro setor em alta é o comercial. Neste caso, com a queda nas vendas, os bons profissionais continuam sendo bem procurados. Já a área contábil não pode faltar em lugar nenhum. E por incrível que pareça, a carreira de contador não foi abalada. No segmento da saúde, o setor até cresceu, com a ampliação de laboratórios e hospitais. Até porque ninguém deixa de vacinar o filho ou fazer exames. Em alta, as carreiras de enfermeiro e técnico de enfermagem. Tecnologia é outra área com grande demanda e estabilidade.”

Inglês é essencial para se destacar, diz especialista

A coach Daniela Morais destaca que o inglês está caminhando para ser essencial para um profissional, como é o caso hoje de ter formação de nível superior. Ela conta que uma pessoa deixou de ter uma recolocação em uma multinacional porque não tinha conhecimento nessa língua. “O salário era de R$ 7 mil e esse profissional foi eliminado do processo seletivo por causa dessa falta de qualificação”, afirmou.

Outra dica da especialista é fazer cursos por conta própria. “Muitas vezes a pessoa se acomoda e espera que a empresa faça as coisas por ela. O trabalhador que precisa buscar seu autoconhecimento para sobreviver o cenário de tanta pressão”, disse.

A especialista em carreiras, Gisélia Curry, avalia que mesmo em tempos de crise, o mercado de trabalho sempre demanda contratações de cargos que são considerados necessários ou estratégicos para as organizações. As macro áreas como RH, Financeiro/contábil e Comercial são as que mais movimentam os processos organizacionais.

“Por conta desse posicionamento, essas áreas são também as que mais contratam, não apenas pelo aumento de postos de trabalho, mas também pela rotatividade da mão de obra desses setores”, disse.

As chances
Finanças
Competências essenciais
Bom nível de inglês; foco em resultado; habilidade para negociar; trabalho em equipe.
Cargos
Profissional especializado em planejamento e gestão financeira encontra um terreno propício em tempos de crise, pois é dele a responsabilidade de manter a saúde financeira de instituições.
Onde há vagas
Exportação, setor farmacêutico, indústria da beleza e tecnologia.
RH
Competências essenciais
Bom nível de inglês; olhar estratégico; vontade de aprender; proatividade.
Cargos
Coordenador, especialista em RH e analista.
Onde há vagas
Setor energético, farmacêuticas e startups de tecnologia.
Mercado financeiro
Competências essenciais
Postura de dono; afinidade com tecnologia, bom nível de inglês e estar atualizado.
Cargos
Analista, área de crédito e risco e gerente de auditoria.
Onde há vagas
Fintechs, meios de pagamento, reconstrução de crédito e fundos de private equity.
Vendas e marketing
Competência essenciais
Perfil analítico, visão global de negócios e espírito de liderança.
Cargos
Supervisor de vendas, gerência de inteligência de mercado, vendedor internacional de granito.
Onde há vagas
Agronegócio, alimentos e bens de consumo, serviços, setor de mármore e granito.
Jurídico
Competências essenciais
Currículo estável, visão de longo prazo, bom nível de inglês e perfil comercial; foco em resultado; habilidade para negociar; trabalho em equipe.
Cargos
Advogado pleno, advogado júnior.
Onde há vagas
Tributário, trabalhista, cível e concorrencial e compliance.
Engenharia
Competências essenciais
Boa comunicação, habilidade de relacionamento entre áreas e flexibilidade.
Cargos
Gerente de planejamento, analista de logística, gerente de vendas.
Onde há vagas
Agronegócio, alimentos, bens de consumo - destaque para o setor de cosméticos, tecnologia, indústria química, bens de capital e equipamentos médicos.
Saúde
Competências essenciais
Habilidades para se relacionar com pessoas.
Cargos
Técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos sobretudo pediatras, geriatras, gineco-obstetras e médico do trabalho.
Onde há vagas
No interior e na Grande Vitória.
Tecnologia
Competências essenciais
Experiência, bom nível de inglês e facilidade de se relacionar.
Cargos
Engenheiro de big data, programador, desenvolvedor de software e programador.
Onde há vagas
Empresa de mobile, web e de desenvolvimento de software, startups.

Fonte: Revista Você S.A. e especialistas ouvidos pela reportagem
Fonte: A Gazeta

Outros posts